terça-feira, 24 de abril de 2018

Dobradinha 1 - As 7 Damas da Boehmia e Catiços do Zé

As Sete
Damas da Boemia
 Resultado de imagem para malandras umbanda
As malandras surgiram a partir dos anos 50, com o surgimentos de uma entidade, que ninguém conhecia, chamada Maria Navalha,  tinha características de malandro, ainda que com feminilidade, mais era encantadora, uma entidade diferente, e que atraiu a curiosidade das pessoas da época. Desde então alguns anos se passaram, e ela continua a brilhar nos terreiros, com todo seu charme e beleza exótica, depois conforme os anos foram passando surgiram outras Malandras.  Malandros são considerados entidades de linha livre que trabalham nas giras com liberdade e agilidade que o povo da malandragem traz. Os Malandros e Malandras cultivam valores como a fidelidade, a lealdade, a camaradagem e a amizade; quando amigos compram qualquer briga justa de seus protegidos.

Resultado de imagem para malandras umbanda

Tópicos
Malandragem das Mulheres
Histórias Pregressas e Trabalho Espiritual
Feitiços, Mandingas e Magias
Malandra Maria Navalha do Cais
Malandra Maria Flor, a Dona do Cais
Malandra Ritinha do Bilhar
Malandra Maria Alzira
Malandra Joana Meia Noite
Malandra Chica Parteira
Malandra Pretinha Feiticeira
Perfumes   
Magias da Malandragem das 
Sete Damas da Boemia

Catiços do Zé

 

Zé Pelintra malandro é muito conhecido e louvado no sudeste e sul do Brasil trata-se de uma
linhagem que andou entre a malandragem
do Rio de Janeiro e São Paulo criado em portos e cabarés nas  décadas passadas, envolvendo-se em brigas, amizades e  mulheres sendo conhecido e respeitado por seus poderes em  livrar seus adeptos e fiéis de perseguições e traições tem  grande influência em magias dos mares pela sua amizade e respeito pelas entidades dos mares tendo como padrinho São Jorge e Nossa Senhora dos Navegantes.  Portanto é uma das únicas entidades que incorpora em qualquer culto afro brasileiro seja na forma de um caboclo, baiano, exu ou malandro.

Resultado de imagem para catiços do zé ramona torres

Tópicos
Trabalho Astral
Diáspora da Evolução
Feitiços e Catiços
Magias e Oferendas
Estrada Evolutiva
Feitiçaria do Catimbó
Zé na Kimbanda
Magias das Mulheres
A Fama na Lapa
Ganhando o Rio de Janeiro
Bebidas Encantadas
Trabalho da Malandragem nos Cultos Afro

Turma: 4º feira – 02/05/2018
Horário: 19h ás 21h
Apostila Via Email
Único encontro

Informações e Reserva de Vagas

Sociedade Esotérica Rajor
Pilares - Rio de Janeiro
Tel: 021 2583 5497
Tel: (21) 9 9888 3687 (vivo e whatsapp)

Ritual de Maria Mulambo, a Imperatriz do Feitiço


Ritual de Maria Mulambo, a  Imperatriz do Feitiço

Maria Mulambo é um espírito que foi maciçamente discriminada, por possuir um poder excepcional, e também, era uma mulher de beleza formidável. Considerada diferente pela sociedade, sofreu preconceitos extremos a ponto de torná-la escrava da luxúria dos nobres.
 Muito conhecida e respeitada em qualquer local espiritual de acordo com os seus preceitos, Maria Mulambo é um exemplo de como podemos evoluir quando trilhamos um caminho de evolução aos que buscam esta jornada. Acostumada a bem atender a todos que  a procuram, esta pomba-gira sempre foi muito requisitada para qualquer tipo de serviço. Suas consultas são sempre recheadas de boas gargalhadas. Ela é destas que mais da consulta em uma gira de Exu, se movimenta muito e também fala bastante, chega a dar consulta a várias pessoas ao mesmo tempo.
Enfim: a Imperatriz do Feitiço.



Ritual de Maria Mulambo,
a  Imperatriz do Feitiço

Para:
Atrair boas oportunidades
Ser uma  Pessoa Poderosa
Dominar as Pessoas
Ter uma Boa Comunicação Espiritual
Ser Inesquecível no Amor e do Sexo


Dia: 6º Feira - 04/05/2018
Horário: 19h
Duração: 1 Encontro.
Não tem apostila

Informações e Reserva de Vagas
Sociedade Esotérica Rajor
Pilares - Rio de Janeiro
Tel.: (21) 2583 5497
Tel.: (21) 9 9888 3687 (vivo)

Imersão do Baralho de Maria Padilha

Encontro Vivencial:
Imersão no Precioso 
Baralho de Maria Padilha
Formato especial


03 cursos em 01
Apenas: R$ 161,00 (pleno)
OPORTUNIDADE ÚNICA!!!!!


O Ímpar Baralho de Maria Padilha, Conjunções, Magias e Conjuros!
Para iniciantes e oraculistas!
Uma Rainha a Serviço da Luz!
 Resultado de imagem para maria padilha
Tópicos
Um pouco sobre Maria Padilha
Seu Culto Abençoado
Significado das Cartas
Métodos de Jogo
Magias de Padilha
Conjunções
Preparação do Baralho
Dicas de Jogo
Identificando situações
Tratamento Mágico
Outras Rainhas Respondendo
Forças que respondem no Baralho da Grande Dama
Influência das Forças em seus Filhos
Padilha Mensageira
Significado das Cartas
Pela Numerologia do Jogo
Cinco Dúvidas sobre o Jogo.
Agradecimentos a Eliane Arthman

Data: Início - 06/05/2018
Com um único investimento
Horário: 9h ás 12h
Com Apostila via email
Duração: 2 Encontros

Obrigatório trazer o seu baralho.

Informações e Reserva de Vagas
Sociedade Esotérica Rajor
Pilares - Rio de Janeiro
Tel. 21 2583 5497
Tel. (21) 9 9888 3687 (vivo)

Dobradinha 2 - O Misterioso Culto aos Chinorris e O Segredo das Fitas Ciganas


O Misterioso
Culto aos Chinorris

Crianças Ciganas caminham sobre seus passos, guiados pela liberdade, desde sua mais tenra idade, orientados pelos laços que os fazem amar o espaço, a luz, e o calor das fogueiras.  E assim  esta linhagem dos chinorris, cresce dia a dia, pois cada vez mais antigos ciganos estão percebendo que o planeta necessita de sua sabedoria. A simplicidade é uma das qualidades mais difíceis para o homem adquirir, assim como o amor de ordem cósmica, que os ciganos são exímios mestres, e é a mais poderosa das magias. O amor cura, supera erros, cicatriza feridas da alma, perdoa o pior erro, ensina, dulcifica, equilibra. O chinorri que está ao nosso lado, por escolha, na luta do resgate da nossa Terra, nos traz o brilho das estrelas em seu sorriso, a jovialidade das ações, como faz com sua dança, e a capacidade da sensibilidade expandida, que guia nossos passos pelos caminhos corretos.



Tópicos
Manifestação
Crianças Astrais?
Chinorris ou Tchaorrôs
Trabalhadores Espirituais
Magias com Frutas
Auxílio nos Oráculos
Evolução
Essência
Ligações com outros Espíritos
Ancestralidade
Especiarias, Velas e Brinquedos
Energias das Linhagens Astrais.


O Segredo das Fitas Ciganas


 Resultado de imagem para fitas coloridas

As fitas ciganas são muito usadas e bastante conhecidas por seus poderes milagrosos de desagregar energias condensadas, enfermiças, e até mesmo afastar energias negativas e transmutar outras. Cada fita tem sua vibração: harmonizando, equilibrando, fortalecendo, curando, positivando, acalentando, limpando, purificando, gerando abundância, entre outras. E também cada espírito cigano tem as suas preferências para auxiliar os que tanto necessitam de seus conselhos e orientação, fazendo magias e encantamentos com fitas, que são traduzidos em aparatos, como correntes, bijuterias, enfeites e uma infinidade de utilização, junto com outros objetos, tornam – se materiais realmente mágicos. Além de serem lindos, como os enfeites que disfarçam os grandes poderes das ciganas.

Resultado de imagem para fitas coloridas

Tópicos
Para que servem
Como Preparar
O Propósito
O Encantamento com Perfumes
Aparatos Pessoais
Bruxarias das Ciganas
Fitas trabalhadas para:
Amor
Dinheiro
Harmonia
Proteção
Espiritualidade
Para a Ofisa
Saúde

Dia: 4º Feira - 09/05/2018
Horário: 19hs as 21hs.
Com apostila via E-mail.
Duração: 1 Encontro.


Informações e Reserva de Vagas
Sociedade Esotérica Rajor
Pilares - Rio de Janeiro
Tel. 21 2583 5497

Tel. (21) 9 9888 3687 (Vivo - Zap)


Rituais de Poder


Rituais de Poder

A força psíquica dos vivos e sua capacidade mediúnica, fica multiplicada pela influência dos Rituais. Cargas fluídicas benéficas e ações benfazejas ficam impregnadas nos rituais. O nosso plano mantém uma correspondência com os planos superiores. Os sensitivos têm o poder de viajar entre esses planos, estabelecendo contatos. As pessoas raramente conseguem isso, mas podem direcionar essa correspondência entre os planos através de rituais. Há, na história da humanidade, uma quantidade infinita de rituais que foram criados, muitos extintos atualmente, outros ocultos, muitos praticados ainda. Todos esses rituais têm por objetivo estabelecer esse contato com os planos superiores, na Magia.


1º Rito:
Ritual: Queima de Negativos com o Poder das Matriarcas da Magia
(Ritual para Retirada de Negativos com a Força da Bruxaria Ancestral e trazendo o Equilíbrio  pelos Elementos)

2º Rito:
Ritual:  A Força das Chaves do Destino
(Ritual para Abrir Caminhos em todas as Esferas, com as Grandes Damas do Povo da Esquerda)

3º Rito:
Ritual: Encantaria do Arco-íris
das Estradas Ciganas
(Ritual para trazer Encanto, Leveza, e Capacidade de Enxergar as Oportunidades nas Adversidades).

4º Rito:
Ritual: Sedução, Encantos e Paixão
(Ritual para trazer a força atrativa, para se encantar para o Amor e o Sexo)

5º Rito:
Ritual: Imperioso Canjerê
(Ritual para Afirmar  a Força dos Grandes Feiticeiros da Antiguidade, Trazendo a Magia para as suas Mãos).

Dia: 6º Feira - 11/05/2018
Horário: 19h
Duração: 1 Encontro.
Não tem apostila

Informações e Reserva de Vagas
Sociedade Esotérica Rajor
Pilares - Rio de Janeiro
Tel.: (21) 2583 5497
Tel.: (21) 9 9888 3687 (vivo)

As Doze Luas de Ouro



As Doze Luas de Ouro



Na tradição espiritual, significa a esfera das 
emoções. 
Associada ao plano astral, representa a resposta face ao que ocorre no ambiente que nos envolve. 
Arrastadas pelo coletivo, as pessoas tendem a encontrar-se imersas neste oceano, pensando, atuando e tomando decisões segundo as emoções dominantes. Os ciclos da Lua, o seu movimento no céu e a sua posição na configuração individual permitem compreender as variações de humor, a sensibilidade, a intuição, os interesses e a criatividade, que se manifestam nos planos físico, emocional e mental, bem como nos relacionamentos. A compreensão energética da natureza humana permite apreender o uso consciente, para honrar e utilizar os atributos das doze faces da Lua, como seja a iniciativa, a solidez, a flexibilidade, a harmonização e a transformação, entre outros. Permite também desenvolver uma resposta eficiente face aos fatores que se encontre  desequilibrados.



Tópicos

Sobre as Doze Luas

Magia das Luas

Ritual das Doze Luas

A Lua na Astrologia

Lua Cheia

Lua Minguante

Lua Nova

Lua Crescente

Lua Azul

Lua de Sangue

Lua de Prata

Lua de Ouro

Lua Ancestral

Lua das Bruxas

Lua das Ciganas

Lua das Legbás

Dia: 4º Feira - 16/05/2018
Horário: 19hs as 21hs.
Com apostila via E-mail.
Duração: 1 Encontro.

Informações e Reserva de Vagas
Sociedade Esotérica Rajor
Pilares - Rio de Janeiro
Tel. 21 2583 5497
Tel. (21) 9 9888 3687 (Vivo - Zap)

Magias do Sol


Magias do Sol



Sol, o astro rei do nosso sistema solar, é o centro de 
energia dele,  que possui energia e nutre a vida. Ele
 foi um dos primeiros deuses a ser cultuado no início 
da história da humanidade. Por causa disso tudo é um símbolo repleto de significados. O sol simboliza o ouro, o metal mais precioso que representa o estado elevado do homem espiritualmente, que trabalhou a si mesmo e foi passando pelas etapas da alquimia espiritual, e evoluiu do chumbo até o ouro. 
Na astrologia o sol representa o eu, o signo solar é uma das partes do mapa astral que mais fala do nos mesmos. As virtudes solares falam da Magnanimidade que é a justiça igual para todos, e o vício dela é o Orgulho. O chackra que representa o sol é o cardíaco, na região do coração, é o chackra do amor incondicional, compaixão, emoção e equilíbrio.



Tópicos

Sobre a Força do Sol

Magias do Sol

Ritual das Horas Abertas

O Sol na Astrologia

Sol do Amanhecer

Por do Sol

Sol Escondido

                                 Sol Azul     
  
Sol de Sangue

Sol de Prata

Sol de Ouro

Sol Ancestral

Sol das Bruxas

Sol do Povo Cigano

Sol na Montanha

Sol das Estradas


Dia: 4º Feira - 23/05/2018
Horário: 19hs as 21hs.
Com apostila via E-mail.
Duração: 1 Encontro.


Informações e Reserva de Vagas
Sociedade Esotérica Rajor
Pilares - Rio de Janeiro
Tel. 21 2583 5497
Tel. (21) 9 9888 3687 (Vivo - Zap)

Dobradinha 1 - As 7 Damas da Boehmia e Catiços do Zé

As Sete Damas da Boemia   As malandras surgiram a partir dos anos 50, com o surgimentos de uma entidade, que ninguém conhecia, cha...